Mente magra, corpo magro

A obesidade hoje é uma das maiores preocupações na vida das pessoas. Ela tira o sono de homens, mulheres e crianças. Mas o que fazer diante de tantas informações na mídia? É um turbilhão de tratamentos sendo oferecidos todos os dias para o combate da obesidade, mas a maioria deles ignora o principal: você, suas emoções e seus sentimentos. Emagrecer não é só controle alimentar e atividade física. É controle de emoções, de impulsos, de sentimentos. É a busca do equilíbrio e da maturidade emocional. Pois olhar o emagrecimento de forma unicamente fisiológica é negligenciar aspectos fundamentais da sua vida!A obesidade também é algo cultural, a nossa alimentação inadequada vem desde crianças, quando nossos pais nos forçam a comer o prato todo para ganhar a sobremesa, ou para não ficar sem TV ou videogame. Até mesmo quando somos presenteados com um belo pedaço de bolo de chocolate, ou um jantar especial por algo magnífico que fizemos e estamos sendo recompensados. Então crescemos sempre nos recompensando, depois de um dia exaustivo de trabalho dizemos: “ah, hoje mereço comer uma pizza inteira e tomar um barril de chopp, pois afinal meu dia foi desgastante”, ou quando brigamos com alguém querido e nos entupimos de tanto comer chocolate pra compensar a tristeza que estamos sentindo.
A Psicologia do Emagrecimento com o auxílio da Terapia Cognitiva Comportamental nos ajudará a trabalhar com essas crenças que temos e carregamos durante a vida. O método MENTE MAGRA, CORPO MAGRO, consiste em trabalhar essas crenças e com isso mudar nossos sentimentos e emoções, fazendo com que enxerguemos melhor a vida e vivamos mais felizes conosco e com o mundo, mudando assim a nossa maneira de vermos o verdadeiro valor dos alimentos que é de nos alimentar e sustentar.
A orientação psicológica é um recurso capaz de livrar as pessoas de uma baixa auto-estima, de expectativas rígidas em relação a si mesmo entre tantos outros aspectos que tolhem o desenvolvimento, capacitando-as a desenvolverem seu potencial de vida de forma mais plena.
Os objetivos básicos da clínica psicológica não se reservam apenas a aliviar o sofrimento afetivo/emocional e intensificar o bem estar. Sim, este é um objetivo, reduzir os medos irracionais, atender aos sofrimentos causados pela depressão e os sentimentos perturbadores, aliviando com isso o sofrimento. Mas também é seu objetivo despertar o aprendizado de novas habilidades, promover mudanças nos padrões de pensamento, provocar a avaliação de novas estratégias para o relacionamento consigo próprio e com os outros, promovendo o bem estar.
Pretendemos assim auxiliar você a ampliar sua percepção a respeito da ajuda necessária que cada um em particular precisa para chegar não onde quer, mas até onde pode. Como o tratamento trabalha com as causas ele cria condições para permanecer magro.

Artigo publicado no Jornal Mexa-se – Escrito por Renata Bodas e Juliana Petrin

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s